“A cena se repete, a cena se inverte”

13 jan

Há poucos dias começou um ano novinho em folha. 2011 ainda é novidade, é como um corte de cabelo novo, uma cor de esmalte diferente, uma roupa que você ganhou e achou bacana, mas tudo que vai sendo muito usado acaba perdendo o brilho. E o destino de 2011 vai ser se juntar ao restante dos outros anos no passado remoto. Porém, enquanto o ano ainda é recém-nascido, sem discernimento ou maldade, eu aproveito pra tirar férias. Não estou de férias somente da faculdade, aproveitei a chance pra me dar um tempo de mim mesma, parar de ser tão egocêntrica, se é que isso é possível. Tirei férias de algumas pessoas também, pois toda convivência, por mais agradável que seja, exije uma dose dupla de esforço e dedicação.

Tenho desperdiçado meu tempo (ultimamente sem muito valor) dormindo, assistindo coisas inúteis na televisão, fazendo exercícios físicos (é, eu sei o quanto isso é estranho) e lendo peças teatrais do século XIX. Tudo isso tem ajudado um pouco, quero dizer, tem me feito pensar um pouco menos, pois como já relatei aqui, sou uma pessoa que pensa excessivamente.

Não encontro muito inspiração para escrever aqui, nem no meu diário. Até mesmo conversar com as pessoas tem sido algo complicado, eu não tenho absolutamente nada novo para contar e, de certa forma, me sinto feliz com isso. A verdade é que não sei de nada, descobri que não sei absolutamente nada a respeito da vida, das pessoas e do mundo. Lamento ter perdido tanto tempo tentanto entender todas as coisas, tentando explicar o funcionamento delas. Algumas coisas simplesmente se definem como confusas e, a partir daí, não se deve especular muito sobre elas.

Percebo uma forte tendência a generalização das coisas. As pessoas (me incluo na categoria) não sabem lidar com as diferenças e individualidades, portanto resta-lhes generalizar tudo, como forma de simplificar as situações. Não acho que eu seja uma pessoa simples, nem quero que me simplifiquem, mas receio já ter simplificado demais alguns conceitos. Ao mesmo tempo que destrincho e complico algumas coisas, simplifico demais outras. Mas receio que isso seja um erro muito comum e, provavelmente, inevitável.

Não prometo me livrar dos meus erros em 2011. Na verdade eu não prometo nada, não prometi nada até agora. Desde criança, no momento da contagem regressiva na virada do ano, eu fazia um pedido, expremia o desejo do que eu queria para o ano seguinte. Mas pra esse ano eu não pedi nada, na verdade nem me lembrei de pedir. Na hora da contagem regressiva eu só contei e depois ri muito. Talvez tenha sido melhor assim, sem muitas expectativas.

Por agora, isso é tudo que eu tenho. Como disse, minha mente também anda de férias…

O anjo mais velho – O Teatro Mágico

Anúncios

2 Respostas to ““A cena se repete, a cena se inverte””

  1. Fábio quinta-feira, 13 janeiro às 13:17 #

    Minha irmã curte muito O Teatro Mágico…

    Dimex, toda essa ideia de “ano novo”, “renovações”… é tudo, como já bem sabemos, pura fantasia cultural das sociedades humanas… Farsa através da qual quem prospera são só as grifes de roupas brancas e o governo com as enxurradas de impostos… rsrs

    Essa constatação (besta, inclusive) é dolorosa por um lado, mas por outro – e principalmente – é ótimo saber que nossa consciência pesada e fatigada pela autocobrança nos janeiros da vida é completamente desnecessária. Afinal, não deveríamos pensar que só no ano novo é que se deve olhar para dentro de si e limpar-nos a alma; isso deve ser feito toda vez, a qualquer momento, em que sintamos vontade de expandir e se universalizar.

    Beijo!

  2. Jéssica quinta-feira, 13 janeiro às 18:43 #

    Você disse a mais pura verdade Fábio!
    Ri demais quando você disse sobre as grifes de roupas brancas…rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: